Conheça as classificações dos resíduos industriais

Os resíduos industriais são gerados em praticamente todas as etapas de fabricação de um produto. Com isso, duas das principais preocupações com as quais o setor deve ter são: o volume gerado e as características desses vestígios. Para dar conta de solucionar essas questões, o gerenciamento deve seguir a Política Nacional de Resíduos Sólidos, de 2010, e respeitar as classificações da norma NBR 10.004.

Leia também: Descarte inadequado de metais pesados põe saúde pública em risco

Com isso, os resíduos industriais devem ser coletados, transportados, armazenados, tratados e possuir a destinação final de acordo com suas respectivas classes, que são três: Classe I, Classe II A e Classe II B. 

O que significa cada uma dessas classes de resíduos industriais?

resíduos industriais

A Classe I é composta por resíduos perigosos. Isto é, aqueles que mais precisam de atenção, já que, se descartados de maneira inadequada, podem danificar o meio ambiente de forma irreversível e ainda colocar a saúde pública em risco. O alto nível de periculosidade se deve pelo fato de que é justamente nessa categoria que estão os materiais radioativos, restos de tinta, óleos lubrificantes contaminados e produtos que contêm metais pesados. 

Já a “Classe II A – não inertes” é basicamente tomada por resíduos que não apresentam periculosidade, mas possuem características, como combustão, biodegradabilidade e solubilidade. Muitos deles demoram mais um século para que sejam decompostos. Os principais exemplos desse tipo de resíduos são: lixo doméstico, plástico, vidros e materiais ferrosos.

Por fim, a “Classe II B – inertes” é constituída por vestígios que, mesmo com o passar do tempo  não sofrem alterações, e também não modificam o solo ou os recursos hídricos, já que não liberam substâncias que prejudicam o meio ambiente. Os principais exemplos dessa classe são os entulhos de demolição, da construção civil e as sucatas de ferro.

Leia também: Má gestão de resíduos sólidos soma gastos de R$ 5,5 bilhões por ano ao Brasil, aponta pesquisa

A INOVAR AMBIENTAL

A Inovar Ambiental presta a coleta, o acondicionamento e o transporte feitos por equipamentos específicos em um processo que atende a todas as normativas estabelecidas pelos órgãos ambientais. A ausência do gerenciamento de resíduos é um dos grandes fatores de impacto socioambiental no planeta, por isso, a Inovar Ambiental possui ampla especialização na prestação desse serviço e reúne uma equipe multidisciplinar altamente qualificada que alia procedimentos e tecnologias de ponta capazes de atender diferentes necessidades.

Localizada na cidade de Santa Luzia em Minas Gerais, a Inovar Ambiental tem a sustentabilidade como seu norte. Destinar um resíduo de forma correta é, acima de tudo, um ato de amor ao meio ambiente, à saúde pública e às próximas gerações. Confira mais sobre a Inovar Ambiental visitando nosso site e o Facebook.

Comentários