DESPRESSURIZAÇÃO DE AEROSSÓIS

As embalagens do tipo aerossol estão fortemente presentes em nosso cotidiano e podem ser encontradas em desodorantes, inseticidas, produtos de limpeza, medicamentos e muitos outros artigos. Esses produtos necessitam de um cuidado especial após o uso porque, mesmo vazios, ainda possuem restos de gases tóxicos ou inflamáveis que são nocivos para o meio ambiente e para as pessoas que venham manipulá-los.

Desta forma, esse material precisa passar por um processo chamado despressurização. Essa ação é feita em um ambiente rigorosamente controlado em que os gases e sobras são captados e recuperados para, então, serem tratados de forma ambientalmente adequada. Este trabalho em específico é feito em parceria com a ProLab Ambiental.

Saiba mais sobre nosso procedimento com esse tipo de resíduo:

1

Identificação dos processos e geração de resíduos

2

Classificação dos resíduos

3

Análise de Elegibilidade

4

Processo de segregação

5

Logística de transporte

6

Coleta

7

Tratamento de destinação final: a técnica de despressurização vai muito além de apenas ter o equipamento necessário para furar uma lata. Para evitar que haja contaminação do meio ambiente ou danos físicos, elimina-se totalmente os riscos de explosão, mesmo quando a embalagem está aparentemente vazia. Posteriormente, faz-se o processo de descontaminação para, então, dar-se início à destinação que é feita em locais licenciados e próprios para essa atividade.

8

Certificado de destinação: emitimos um certificado de destinação para as embalagens de aerossóis que tratamos. Desta maneira, o gerador possui um mecanismo que atesta que seus resíduos passaram por um processo legal e ambientalmente correto de gerenciamento.